O gestor tem impacto direto nos resultados da sua equipe, sendo o seu papel conhecido, debatido e difundido há muito tempo na literatura de liderança. Mas este “guia” também influencia diretamente o comportamento e a qualidade de vida dos seus liderados.

A qualidade de vida no trabalho, também conhecida como QVT, está diretamente ligada à motivação dos funcionários dentro das organizações. Isso diz respeito a inúmeros programas e ações que facilitam o trabalho, o ambiente e o bem-estar das equipes.

Não basta saber lidar com processos, delegar tarefas ou executar ações. Uma boa gestão também se refere ao tratamento das pessoas. Como exemplo de aplicação de ações para melhorar a qualidade de vida da equipe, alguns programas de ergonomia e ginástica laboral podem ser propostos pelo gestor.

Saúde emocional

Os fatores para garantir qualidade de vida, entretanto, envolvem muito mais do que a saúde física dos funcionários. Uma atenção especial deve ser voltada à saúde emocional. Um bom gestor tem papel fundamental nesse ponto, pois pode promover as seguintes ações:

  • Valorização das pessoas de forma justa, evitando privilégios e afinidades;
  • Feedbacks constantes sobre o desempenho dos integrantes da equipe;
  • Elogios e reconhecimento do trabalho bem executado;
  • Autonomia para tomar decisões;
  • Desafios constantes para que as pessoas possam explorar suas potencialidades;
  • Liberdade de expressão para que exponham seus pontos de vista sem sofrer represálias;
  • Respeito a todas as pessoas;
  • Oportunidades de crescimento.

Gestão democrática

Quando autocrático, um gestor que não escuta e não respeita a sua equipe e ainda a humilha quando não atinge os resultados, acaba por adoecê-la física e emocionalmente, limitando a sua capacidade de crescimento.

Vale lembrar que isso acontece em qualquer setor e independente do tamanho da equipe. Um gestor agressivo e que se preocupa apenas com os resultados, pode catalisar, inclusive, um comportamento antiético na equipe dos subordinados.

Ao perceber que só será valorizado pelo que entrega, um funcionário também pode iniciar um comportamento inadequado. Os reflexos disso podem chegar ao ponto de enganar clientes e colegas para se dar bem a qualquer custo, por exemplo. Este processo tende a ruir uma equipe.

Um bom gestor, através do seu discurso, prática e comportamento, tem papel importante na manutenção de um bom ambiente de trabalho. Dessa forma, ele proporciona relações saudáveis e sustentáveis que favorecem uma excelente qualidade de vida, além de refletir nos resultados da empresa.

Conheça também a tendência da gestão horizontal nas empresas.

Mais recentes

Imagem blog

A importância da campanha Novembro Azul para a saúde masculina

Novembro sucede o mês de outubro rosa com mais uma campanha de prevenção ao câncer. Novembro azul é uma iniciativa que r...
Imagem blog

Outubro rosa: prevenir é a melhor forma de lutar

Em outubro, iluminações em praças, avenidas e pontes pintam as ruas de rosa com o propósito de chamar atenção para uma...
Imagem blog

Formatura da 5ª turma da Faculdade Pecege: veja como foi!

Chegou mais um momento de orgulho para todos nós, e um dos nossos favoritos! A formatura da 5ª turma da Faculdade Pecege fo...

Dúvidas?

Atendimento Acadêmico

+55 (19) 2660-3366

Segunda a sexta-feira, das 8h às 23h

faculdade@pecege.com