Blog

Como fazer networking na faculdade?

Todo mundo já ouviu falar sobre networking. Ele é, resumidamente, fazer contatos úteis para fins profissionais. Aquele colega da pós-graduação, ou um professor ou orientador que vai te indicar para uma vaga que você quer muito.

Fazer networking na faculdade não é algo que geralmente passa pela cabeça dos alunos. Talvez pareça cedo ou até impróprio, afinal, todos estão ali para aprender. No entanto, pode ser interessante ter boa relação com os colegas e professores. No futuro, isso pode ajudar no mercado de trabalho.

Imagine que você se formou na faculdade e ainda está em busca de colocação no mercado de trabalho em sua área de atuação. Ter feito um bom networking na faculdade pode te ajudar nessa hora.

Essa é uma via de mão dupla. Você também pode ser aquele que vai indicar seus colegas. É uma ajuda dos dois lados e, claro, você vai querer recomendar alguém que você confia que fará um bom trabalho. Aí entra a importância de fazer networking na faculdade. Separamos algumas dicas para te ajudar, confira!

Não faça networking

Exatamente isso! Cultivar boas relações pode ajudar no futuro, mas nem por isso você deve ir para a faculdade pensando no emprego que terá daqui três anos. Networking na faculdade deve ser algo natural, não uma relação mecânica que você constrói somente pensando no depois.

A primeira dica é ser você mesmo, fazer amizade e manter contato com seus professores e colegas. No entanto, se não se sentir confortável para isso, não faça. O networking vem de vários lugares e, caso não consiga fazer durante a graduação, você terá tempo para isso depois. Não se cobre por algo se isso fizer mais mal do que bem.

Seja um bom aluno

Sabe aquela história de que os bons alunos são os queridinhos dos professores? É verdade. Os docentes não costumam levar a sério aquele estudante “turista”, que só a aparece na aula quando dá na telha, ou quem não tira boas notas.

É claro que deslizes acontecem, pois é praticamente impossível ter um histórico sem nenhuma nota ruim – e tudo bem! O importante é mostrar que você está interessado nas aulas e quer aprender. Também tome cuidado para não se tornar o colega chato que parece querer saber mais do que todos – isso fará com que seus colegas te excluam. Somente seja você mesmo e faça o período da graduação valer a pena, em todos os sentidos.

Faça amigos de verdade

Essa dica não deveria nem ser uma dica em uma lista sobre networking, mas lá vai: faça bons amigos durante a graduação. O networking não precisa ser somente uma relação profissional de alguém que vai te indicar para uma vaga. Esse alguém pode ser um de seus melhores amigos.

Claro, não dá para “forçar a barra”. Se você não se sente confortável para começar conversas, ou só é muito tímido, vá com calma. Mostre que quer fazer novos amigos e conhecer as pessoas, as amizades virão.

Caso você tenha muita dificuldade nisso, pode ser uma boa opção fazer terapia ou algum tipo de arte para conseguir se “soltar” mais com as pessoas. Pense nisso!

Opte sempre por trabalhos em grupo

Fazer trabalhos em grupo pode ser chato e literalmente dar trabalho demais. No entanto, essa é uma boa forma de conhecer os talentos das pessoas e fazer com que elas conheçam os seus também. Se um colega souber que você é bom em organização, por exemplo, essa pode ser uma boa recomendação para o futuro.

Além disso, saber trabalhar em equipe é uma boa característica e vai facilitar muito sua vida profissional. Seja qual emprego for, é essencial ter capacidade de lidar com diferentes tipos de pessoas e adversidades. Se o professor der a opção de escolher, faça em grupo!

Participe de grupos… de todos os tipos

Essa dica é essencial em qualquer ambiente, seja de trabalho, estudos, ou até família. Faz parte da natureza humana se unir aos seus semelhantes, a quem pensa parecido e tem os mesmos objetivos. Por isso, é interessante que você se junte com quem você se identificar.

Grupos não necessariamente quer dizer grupo de estudos ou de trabalho. Ir a uma festa ou a bares podem ser ambientes propícios para conhecer melhor as pessoas. Networking não precisa ser algo chato e ligado exclusivamente ao profissional.

Aqui o diferencial é você não se juntar apenas com quem é parecido. Comece por aí, mas tente ter uma boa relação com todos. É claro, será impossível ter uma amizade sólida com todos que conhecer, mas tenha, ao menos, a simpatia das pessoas.

Por último, se divirta

A faculdade é um período que a maioria só vai viver uma vez. E mesmo que curse mais de uma graduação, nunca será igual à primeira. Por isso, se divirta. Não pense apenas em networking, trabalho, estudos. Essa é uma parte essencial, mas não é a única.

Nesse período, aprenda além dos conteúdos acadêmicos. Conheça também diferentes realidades, busque se autoconhecer, amadurecer e fazer bons amigos. Você se lembrará disso por muito tempo, então faça esse período ser único. Boa sorte!

Você já conhece a Faculdade Pecege? Clique aqui e saiba mais!