Redes sociais e pandemia: o que essa relação ensina?

No último ano, a relação entre as redes sociais e pandemia se intensificou significativamente, tanto para as pessoas, que adotaram mais ainda o digital como meio social e principal fonte de notícias, quanto para as empresas que, frente a anormalidades, tiveram que se adaptar ao mundo digitalizado.

No caso do mercado, não foi diferente. A velocidade com que as mudanças e novidades surgiram fez com que profissionais e empresas tivessem que lidar cada vez mais com os desafios e oportunidades da pandemia.

Quem fala mais sobre o assunto é Liliane Ferrari, especialista em Marketing e professora de pós-graduação, que nos mostrou de forma objetiva esse tema tão atual. Vem ver!

Uso das redes sociais

A professora inicia a conversa comentando o fenômeno da pandemia. Segundo Liliane, “as pessoas estão mais afastadas dos eventos sociais e têm mais tempo para estar nas mídias.”

Essa afirmação é comprovada por uma pesquisa realizada pela Kantar, empresa de consultoria, pesquisa e análise de dados, que mostra um aumento de 40% no uso de redes sociais como WhatsApp, Facebook e Instagram, por exemplo. Esses dados refletem o processo de digitalização que o mundo se encontra, em que as pessoas deixaram de sair de suas casas e tiveram mais tempo para se conectarem às redes sociais.

Dessa forma, e com base nesse cenário, qual deve ser o posicionamento das empresas com relação aos seus leads e clientes? Para a professora, esse aumento súbito no uso das redes é, na verdade, uma grande oportunidade.

“Vale a pena amplificar o conteúdo gerado e apostar em novos espaços, como Pinterest para distribuir seus catálogos de produtos para serem encontrados por potenciais consumidores e otimizar as imagens e vídeos já criados para Instagram, por exemplo.”

Dançando conforme a música

O fato é que a digitalização já é algo irreversível. Logo, investir, hoje, em comunicação é algo valioso. Confira alguns benefícios:

  • Aumento da visibilidade: anúncios e publicações patrocinadas que potencializam o alcance e captam mais usuários;
  • Mais relacionamentos: a interação direta com cada cliente constrói uma intimidade até então improvável;
  • Posicionamento da marca: fator que pode gerar relevância no meio digital;
  • Engajamento: torna possível alcançar novos clientes por meio dos clientes atuais.

Como você já deve ter notado, redes sociais e pandemia tem uma relação muito benéfica para aqueles que sabem aproveitar as verdadeiras oportunidades. Gostou do tema? Comente aqui embaixo e compartilhe com seus amigos.

09 de Dezembro
19hs
Venture Building e as Startups e lançamento do "PECEGE Go Academy"
Palestrante - Joaquim Henrique da Cunha Filho
10 de Dezembro
19hs
Empreendedorismo como opção de carreira
Palestrante - Anderson Santos
11 de Dezembro
19hs
7 competências para acessar mercado
Palestrante - Eduardo Soriano