Vídeos: dicas para você começar a produzir

Que o consumo de conteúdo em vídeos era uma forte tendência para 2020 todo mundo já sabia. A grande surpresa é que as expectativas foram superadas com o cenário que se apresenta já há mais de meses: as orientações de distanciamento social só aumentaram a potência desse formato.

Nos últimos meses, você participou de lives, aulas a distância, reuniões de trabalho ou até happy hour com os amigos online? Por serem completos (com canal de áudio e imagem), os vídeos são o que mais se aproxima de um contato pessoal físico.

Para os produtores de conteúdo que já trabalhavam com vídeos, a demanda aumentou, assim como a concorrência, já que pessoas e empresas passaram a investir mais pesado nesse formato.

Para que o engajamento dos vídeos não seja prejudicado pela saturação do mercado, vale ficar de olho nas dicas que preparamos para você se destacar com conteúdo audiovisual!

Conteúdo personalizado

Ferramentas de automação e inteligência artificial já permitem a personalização de vídeos com textos e imagens. Afinal, as pessoas são cada vez mais impactadas por conteúdos personalizados.

Quer um exemplo? Os vídeos comemorativos disponibilizados pelo Facebook para celebrar aniversários de amizade na rede social ou como retrospectiva no fim do ano. A base é a mesma para todos os usuários, mas as fotos e nomes das pessoas são encaixados de acordo com o seu próprio perfil.

Conteúdo interativo

As opções de realidade virtual e aumentada colocam nas mãos do público o poder de decidir as informações que quer ver nos vídeos. Assim, é possível visitar lugares antes de decidir por uma viagem ou experimentar produtos virtualmente antes de comprá-los. E eles podem ser tanto de uso pessoal, como óculos, quanto objetos para compor ambientes, como sofás.

A tendência é que os usuários possam clicar em qualquer objeto exposto em vídeos para saber mais sobre ele e até comprá-lo, como o colar utilizado por uma apresentadora, por exemplo.

Informação

O mundo do marketing e das redes sociais não aceita mais chutes e adivinhações. Os dados ajudam a segmentar e definir melhor seu público, a plataforma ideal, o momento certo de lançar uma mensagem e até escolher o melhor tema.

Além disso, inserir dados reais e oficiais no seu conteúdo é sempre uma boa ideia para auxiliar na construção de um relacionamento de confiança com seu público.

Tempo dos vídeos

Os vídeos curtos pareciam boas opções para atingir as pessoas que não têm tempo ou paciência para muito tempo de tela. Contudo, apesar de serem de consumo mais fácil, eles não conseguem entregar muita informação ou criar uma conexão emocional.

Com vídeos mais longos é possível manter o interesse das pessoas no que você tem a dizer e, consequentemente, desenvolver uma relação. Contar histórias, educar o público sobre um produto ou valores da marca, apresentar pessoas e experiências reais e até apresentar algumas técnicas de cinema podem deixar os vídeos mais atrativos e envolventes.

Vida real

Já sabemos que pessoas e experiências reais importam. A indicação de outra pessoa tem mais credibilidade do que a própria marca falando sobre ela mesma. Por isso, vale aliar seu conteúdo com a presença de histórias reais nos vídeos.

Mecanismos de pesquisa

Investir em otimização e inserir palavras-chave no título e descrição do vídeo, tags atuais e legendas são boas práticas para que os vídeos possam ser exibidos na página de resultados de uma determinada pesquisa.

Som

Desde que o Facebook lançou o recurso de auto play, com vídeos rodando sozinhos e mudos na plataforma conforme o usuário corria a timeline, os vídeos sem som ganharam destaque para evitar constrangimento em locais públicos, por exemplo. O áudio dependia da ativação do usuário, se ele quisesse.

Atualmente, parece que a moda pegou. Muita gente opta por assistir a vídeos sem som em outras plataformas como o Instagram. Assim, o uso das legendas (também um recurso de acessibilidade) ganhou espaço se tornando um padrão para as redes sociais.

Mas ainda é possível ir além: imagens e infográficos também são ótimos aliados que permitem a compreensão da mensagem sem a necessidade de ligar o som.

Gostou de saber mais sobre a produção de vídeos? Compartilhe esse conteúdo com quem também se interessa pelo tema!

09 de Dezembro
19hs
Venture Building e as Startups e lançamento do "PECEGE Go Academy"
Palestrante - Joaquim Henrique da Cunha Filho
10 de Dezembro
19hs
Empreendedorismo como opção de carreira
Palestrante - Anderson Santos
11 de Dezembro
19hs
7 competências para acessar mercado
Palestrante - Eduardo Soriano