Conheça o seu tipo de liderança

O autoconhecimento é importante para identificar nosso tipo de liderança. No entanto, padrões de comportamento podem influenciar e até diferenciar uma boa gestão de uma má colaboração do líder.

Abaixo listamos três tipos de liderança muito comuns em empresas atuais e como cada uma delas funciona dentro da estrutura de uma equipe. Confira!

Liderança autoritária

O gestor apresenta uma postura centralizadora e toma as decisões geralmente baseadas exclusivamente em suas percepções. Neste tipo de liderança existe a crença de que as soluções só aparecem quando os colaboradores estão sob pressão. A escuta ativa, neste caso, é muito baixa ou inexistente.

Em curto prazo, a liderança autoritária pode até obter alguns resultados, como agilidade nas decisões que dependem somente de uma pessoa. Mas, em médio e longo prazo, ele pode levar a equipe à exaustão.

Nesta situação surge muita tensão e estresse entre as pessoas. Quando a liderança autoritária está em vigor, a produtividade pode até ser alta, mas o time estará sempre acuado em suas tarefas e, muitas vezes, com medo de perder seu emprego. O que deveria ser respeito se torna obediência.

Algumas características desse tipo de liderança autoritária são:

  • Supervisão abusiva (exige retrabalho sem nenhum fundamento)
  • Discurso diferente da prática (é receptivo, mas não aceita nenhuma opinião diferente)
  • Pressão por resultados (às vezes de forma ameaçadora e ríspida)
  • Dificuldade de dar crédito e feedback
  • Dificuldade de comunicação

Liderança liberal

Descentralização e pouca burocracia ajudam a definir este tipo de liderança. Como ela é caracterizada pela distribuição da maior parte dos processos, acaba proporcionando uma liberdade para que os colaboradores tomem suas próprias decisões.

Tudo isso pode parecer muito bom, mas para ocorrer com efetividade, exige maturidade e conhecimento profundo dos processos por parte dos funcionários. E é aí que esse tipo de liderança tem desvantagens: nem todas as pessoas estão preparadas para uma liderança liberal.

Muitos profissionais ainda preferem um estilo mais diretivo (diferente do autocrático), que diz exatamente o que eles precisam fazer. Caso o time não tenha maturidade suficiente, sentirá falta de orientação e isso pode prejudicar diretamente na produtividade.

Liderança situacional

Como o próprio nome diz, esse tipo de liderança não se prende a um estilo único de liderança. Essa gestão leva em consideração o nível de maturidade da equipe e os contextos de cada situação, em diferentes cenários. Por isso, é essencial que um líder situacional conheça cada membro do time.

Esse conhecimento serve para que o líder seja diretivo e diga às pessoas exatamente o que fazer, quando perceber insegurança de alguns colaboradores durante os processos de trabalho. Um exemplo dessa situação é um funcionário que acabou de entrar na equipe. A liderança situacional se preocupa em dar mais atenção para essa pessoa, passando orientações.

Na liderança situacional, em vez de dar as respostas, o gestor estimula os envolvidos a buscarem soluções para os problemas. Assim, as pessoas ganham competência e confiança de que podem realizar um trabalho.

Com uma equipe competente e confiante, o líder situacional pode assumir a postura do apoiador e partilhar responsabilidades e tomadas de decisão. Em equipes mais maduras e de alto desempenho, ele também pode delegar a maior parte das responsabilidades para os colaboradores, mas continua acompanhando o progresso de todo o time mesmo que menos envolvido nas decisões.

A liderança situacional ensina a lidar com ocasiões diversas, utilizando diferentes estratégias para tratar questões específicas. Nos dias atuais, de rápidas mudanças – sobretudo tecnológicas – é necessário que o líder tenha flexibilidade e saiba se adaptar a múltiplos cenários.

Qual o seu tipo de liderança?

09 de Dezembro
19hs
Venture Building e as Startups e lançamento do "PECEGE Go Academy"
Palestrante - Joaquim Henrique da Cunha Filho
10 de Dezembro
19hs
Empreendedorismo como opção de carreira
Palestrante - Anderson Santos
11 de Dezembro
19hs
7 competências para acessar mercado
Palestrante - Eduardo Soriano