Novembro sucede o mês de outubro rosa com mais uma campanha de prevenção ao câncer. Novembro azul é uma iniciativa que reforça a necessidade e importância de se prevenir do câncer de próstata, o segundo mais comum entre os homens (o mais incidente é o câncer de pele não melanoma).

A recomendação de realização de exames é frequentemente veiculada durante a campanha de novembro azul, uma vez que o diagnóstico precoce diminui os riscos da doença. A Faculdade Pecege apoia esta iniciativa a favor da saúde e bem-estar, por isso traz uma série de informações sobre o câncer de próstata.

A seguir, você verá quais são os sintomas, diagnóstico, fatores de risco e prevenção desta doença. Confira!

Leia mais: 3 dicas para você começar os estudos novamente com a Faculdade Pecege!

Novembro azul e a necessidade de conscientização

O câncer de próstata é uma doença que atinge apenas pessoas do sexo masculino. Diante disso, a campanha de novembro azul destaca a importância dos exames rotineiros para detectar a doença, uma vez que as consultas ao médico são pouco frequentes entre os homens.

De acordo com o levantamento da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), homens vão seis vezes menos ao urologista em comparação à ida de mulheres ao ginecologista. A SBU realizou o levantamento com dados do Ministério da Saúde, que apontam 1,2 milhão de atendimentos de mulheres por ginecologistas em 2022, contra apenas 200 mil consultas de homens ao urologista.

A diferença é ainda maior durante a adolescência, visto que o número de atendimentos de meninos de 12 a 18 anos ao urologista é 18 vezes menor que o de atendimentos de meninas ao ginecologista da mesma faixa etária, de acordo com pesquisa da SBU com dados do Ministério da Saúde.

Portanto, a campanha de novembro azul reforça a necessidade de interromper esse padrão para que homens, principalmente a partir de 50 anos, realizem os exames necessários e se previnam da doença.

Leia mais: Como praticar mindfulness em casa

Sintomas e diagnóstico do câncer de próstata

O câncer de próstata tem maior incidência na terceira idade, pois cerca de 75% dos casos no mundo acontecem a partir dos 65 anos, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca). O Instituto aponta que os tumores podem crescer de forma rápida, se espalhar para outros órgãos e ser fatais. Entretanto, a maioria cresce de forma lenta, segundo informações do Inca.

A doença pode não apresentar sintomas ou mostrar poucos sinais em sua fase inicial, de acordo com a Fundação do Câncer. Os indícios são dificuldade de urinar ou necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite, sinais parecidos com os do crescimento benigno da próstata.

Quando o câncer avança, o paciente pode ter dores nos ossos, sintomas urinários e, nos casos mais graves, infecção generalizada ou insuficiência renal. Para realizar o diagnóstico da doença, o toque retal é o teste mais utilizado, mas é necessário analisar parte do tecido da glândula com biópsia para um resultado mais preciso, conforme informações divulgadas pela Fundação do Câncer.

Fatores de risco e como se prevenir

A idade é um fator de risco significativo para o câncer de próstata, pois a incidência e a mortalidade aumentam após os 50 anos, segundo a fundação. O risco também aumenta quando há caso da doença em pai ou irmão antes dos 60 anos. Se isso ocorrer, o risco de também desenvolvê-la é de 3 a 10 vezes em comparação com a população em geral.

Mas a doença pode ser prevenida. Confira algumas dicas de fatores que contribuem para se proteger do câncer de próstata, segundo a Fundação do Câncer:

  • Dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais, com menos gordura (também reduz o risco de outras doenças não-transmissíveis)
  • Realizar pelo menos 30 minutos de atividade física por dia
  • Manter o peso adequado à altura
  • Diminuir o consumo de álcool
  • Não fumar

Todas essas informações são veiculadas em novembro para conscientização sobre o câncer da próstata. Agora que você sabe qual é a importância da campanha Novembro Azul, não esqueça realizar os exames necessários para se prevenir da doença!

Você também pode gostar desses conteúdos:

Mais recentes

Imagem blog

Digitalização de empresas: o presente e o futuro da economia de mercado

Diante da evolução tecnológica, existe uma tendência de digitalização de empresas. É possível perceber esse movimento...
Imagem blog

Desenvolvedor Full Stack: o profissional multitarefa

Empresas buscam cada vez mais por profissionais que tenham habilidades em diversas áreas para uma atuação multidisciplinar...
Imagem blog

Confira as Soft Skills valorizadas nas carreiras em tecnologia

Soft Skills é o termo que se popularizou entre recrutadores e profissionais para identificar habilidades que desenvolvemos a...

Dúvidas?

Atendimento Acadêmico

+55 (19) 2660-3366

Segunda a sexta-feira, das 8h às 23h

infosfaculdade@pecege.com