A Internet trouxe transformações em diversos setores da sociedade, inclusive na economia. Nos últimos anos, empresas encontraram uma forma de expandir seus negócios no meio virtual e o modelo se popularizou, dando origem ao que chamamos de digitalização de negócios, ou negócios digitais.

O termo, também conhecido em inglês como digital business, está relacionado a empreendimentos que funcionam no ambiente virtual, como lojas on-line, plataformas de streaming, aplicativos de delivery, transporte, entre outros, e estabelecimentos físicos que também utilizam estratégias digitais. Quer saber mais?  Confira abaixo!

Leia mais: Mitos do empreendedorismo para você desaprender agora!

Digital em ascensão

Que a digitalização dos negócios tem sido cada vez mais presente, disso não há dúvidas. De acordo com a 46ª edição do relatório Webshoppers da Ebit/Nielsen, estudo sobre o comércio eletrônico brasileiro realizado desde 2001, no primeiro semestre de 2022 o comércio eletrônico brasileiro apresentou um crescimento de 6% em comparação com o mesmo do ano anterior.

A pesquisa também aponta que, entre janeiro e junho deste ano, os empreendimentos que funcionam no meio digital atingiram a marca de R$ 118,6 bilhões em vendas no Brasil. O estudo aponta que a pandemia é um dos grandes fatores que contribuiu no crescimento do comércio eletrônico, também conhecido como e-commerce.

Modelos de negócios digitais

Assim como o e-commerce¸ existem vários modelos de negócios digitais disponíveis e que podem ser utilizados de acordo com o planejamento estratégico de cada negócio. Confira abaixo alguns exemplos:

  • E-commerce: Neste canal, os lojistas podem “construir” seus empreendimentos no ambiente digital, com menos custos em comparação a uma loja física e com maior possibilidade de alcance de consumidores. A disposição dos produtos acontece por meio da loja virtual e as compras são realizadas nesta plataforma. Desta forma, pessoas de diferentes lugares do país podem comprar os itens.
  • Marketplace: Esta plataforma funciona como uma espécie de shopping virtual, que reúne produtos de empreendimentos diversos em um único lugar. Sites como o da Amazon, Mercado Livre e Shoppee funcionam desta maneira.
  • Assinatura: Uma das formas de vender os produtos no meio virtual é por meio de uma assinatura. Desta maneira, a empresa garante uma receita periódica. Plataformas de streaming e clubes de assinatura de livros trabalham desta forma.

Leia mais: Como a Internet das Coisas influencia os negócios?

Necessidade da digitalização de negócios

Outro ponto que torna os negócios digitais algo fundamental para qualquer empreendedor é a facilidade de produção e venda.

Em artigo publicado na Revista Científica ICSA, na área de Gestão e Desenvolvimento, os autores Mateus Feld e Dusan Schreiber pontuam que “produtos digitais têm diversas características únicas e que trazem vantagens para que sejam comercializados facilmente”.

Os pesquisadores apontam que as vendas são facilitadas por fatores como baixos custos para operação dos empreendimentos e matérias-primas infinitas, como a criatividade e o conhecimento, principalmente.

Viu só? A digitalização dos negócios é algo que chegou para ficar, e cabe aos profissionais e empreendedores entender tudo sobre essa tendência que já é tão necessária. Gostou desta matéria? Comente!

Você também pode gostar:

Mais recentes

Imagem blog

A importância da campanha Novembro Azul para a saúde masculina

Novembro sucede o mês de outubro rosa com mais uma campanha de prevenção ao câncer. Novembro azul é uma iniciativa que r...
Imagem blog

Outubro rosa: prevenir é a melhor forma de lutar

Em outubro, iluminações em praças, avenidas e pontes pintam as ruas de rosa com o propósito de chamar atenção para uma...
Imagem blog

Formatura da 5ª turma da Faculdade Pecege: veja como foi!

Chegou mais um momento de orgulho para todos nós, e um dos nossos favoritos! A formatura da 5ª turma da Faculdade Pecege fo...

Dúvidas?

Atendimento Acadêmico

+55 (19) 2660-3366

Segunda a sexta-feira, das 8h às 23h

faculdade@pecege.com